Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

DESCASO

Período chuvoso escancara falta de saneamento na Terra Firme

Moradores de um dos bairros mais populosos da capital paraense, que estão abandonados pela Prefeitura, sofrem com ruas cheias de lama, esburacadas e totalmente inundadas

sexta-feira, 20/11/2020, 07:56 - Atualizado em 20/11/2020, 08:00 - Autor: Wesley Costa


A Terra Firme tem mais de 60 mil moradores. A maioria sente o drama de um bairro esquecido
A Terra Firme tem mais de 60 mil moradores. A maioria sente o drama de um bairro esquecido | Ricardo Amanajás

A Terra Firme é uma das mais populosas áreas da periferia de Belém. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), mais de 60 mil pessoas moram no bairro, considerado um dos dez maiores da capital. O nome surgiu após a luta da população pela ocupação do espaço, antes alagado pelo rio Tucunduba. Depois de tantos anos, a comunidade ainda sofre com a falta de saneamento básico em suasdiversas ruas e passagens.

As chuvas que começaram a se intensificar no período da tarde têm servido como alerta para os moradores da Terra Firme, que já estão preocupados com o próximo período do inverno amazônico. No final da avenida Celso Malcher, uma das principais do bairro, os buracos e o acumulo de lama têm dificultado a passagem de veículos e pedestres.

A população conta que nesse trecho o problema é crônico, e que há anos nenhum serviço foi realizado pela prefeitura para melhorar a via. “Para passar aqui é uma dificuldade só, principalmente para idosos, crianças e cadeirantes que moram aqui perto. Quem tem carro também sofre, porque se desviar de um buraco cai em outro. Com essas chuvas que têm caído toda a tarde vai tudo para o fundo e ninguém passa. Moro há quatro anos aqui e até hoje não vi nenhum trabalho da prefeitura para resolver isso”, critica o morador João Gomes.

Os problemas também se estendem para outras ruas do bairro de menor movimentação, mas que também precisam de atenção da gestão municipal para solucionar os problemas estruturais. Na rua Belo Horizonte, entre as ruas Ligação e do Arame, os moradores disseram que durante as chuvas fica impossível sair de casa. “Quem mora aqui é testemunha de como fica essa rua. Enche tanto que forma uma correnteza e sai levando tudo e invade as casas. Isso porque ainda não está no período do inverno mesmo, imagine quando chegar. Só ainda não estão piores esses buracos porque jogaram restos de cacos de um supermercado que pegou fogo aqui perto. Quem mora aqui na rua Arame também sofre com as enchentes”, relata Carlos Coelho, 45, morador do bairro há 35 anos.

Na rua do Milagre, entre as ruas da Paz e Universal, os esgotos entupidos contribuem ainda mais para a precariedade do saneamento no bairro, diz o morador Edgar Pereira, 73. “Assim como em outras tantas ruas da Terra Firme, quando chove é uma tristeza só devido as tubulações estarem entupidas. A última vez que limparam os tubos e jogaram uma camada fina de asfalto foi há cinco anos, mas a água já levou quase tudo. Desde então nada mais foi feitopela nossa rua”, desabafa.

As dificuldades relatadas por esses moradores também são as mesmas de tantos outros que residem na Terra Firme. Com o final de mais um mandado do prefeito Zenaldo Coutinho, eles esperam que o próximo gesto possa dar maior atenção para o bairro. “A Terra Firme tem muita riqueza, somos procurados por estudiosos que sempre fazem suas pesquisas aqui. É um bairro de forte cultura e também de grande potencial econômico para nossa cidade. Então, esse povo merecesim um melhor tratamento.”

A Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) informou que está realizando serviços em diversas áreas do bairro da Terra Firme. O órgão disse que as demais vias que ainda não receberam os serviços, estão dentro do cronograma de obras da Secretaria.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS