Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

PANDEMIA

Médico que fez a separação de siamesas no Brasil morre de Covid-19 nos EUA

segunda-feira, 30/03/2020, 16:47 - Atualizado em 30/03/2020, 16:46 - Autor: Com informações Cm Mundo


Profissional de saúde encontrava-se internado num hospital em Nova Iorque, nos EUA.
Profissional de saúde encontrava-se internado num hospital em Nova Iorque, nos EUA. | Reprodução/ Arquivo Pessoal

O médico norte-americano James Goodrich, responsável por coordenar a cirurgia de separação das gémeas Mel e Lis, em abril de 2019, morreu neste domingo (29), vítima do novo coronavírus. O médico estava internado desde da última quarta-feira em estado grave em um hospital em Nova Iorque, nos EUA. 

Os últimos dias do neurocirurgião foram passados na unidade de cuidados intensivos do hospital, ele respirava com a ajuda de ventiladores.

Benício Oton lamentou a morte de James, que conhecia há mais de 20 anos. "Além da parte científica, tinha a amizade", declarou a imprensa.

James Goodrich esteve no Hospital da Criança, em Brasília, para atuar como conselheiro na missão de separar as irmãs gémeas siamesas Mel e Lis. A separação das irmãs ocorreu no dia 27 de abril, após 10 meses a viverem unidas pela cabeça. A cirurgia, dividida em 36 etapas, começou às 6h30 de sábado e só terminou às 2h30 de domingo.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS